A TOCA DO MONSTRO



A Haku estava a fazer experiências quando, "Oh, não tenho minerais, tenho de ir buscar mais, mas não me apetece ir sozinha. Vou chamar os meus amigos!", disse. Saiu de casa e assobiou tão alto que fez eco em todas as ilhas. Num abrir e fechar de olhos, os animastutos estavam ao seu lado. Nunca perdiam a oportunidade de ir juntos à grande montanha. O Matt ficava emocionado até às orelhas a contar pedras, a Bali aprendia o idioma dos pássaros, a Haku encontrava tudo para as suas experiências e o Doc...onde estava?



O Doc estava distraído a ler um livro, quando reparou em algo estranho "Porque é que está tudo escuro? Já é de noite?", disse espantado. Tocou nas paredes e então percebeu que se tinha perdido! Começou a sentir um cheiro horrível a meias sujas. "Estou dentro de uma toca! E se for a caverna de um monstro babão ou de um fantasma?" soluçou. Pôs a cauda entre as pastas e começou a tremer de medo, com o focinho cheio de teias de aranha.

De repente, a Bali apercebeu-se de que o Doc tinha desaparecido. Viu o seu livro à entrada de uma grande toca. "Vamos buscá-lo", disse cheia de coragem. "Ui, cheira a ovos podres!", respondeu o Matt mexendo os bigodes. "Espera, tenho umas amigas que nos vão ajudar", sorriu a Haku enquanto tirava uns bichinhos de um frasco. "São pirilampos", explicou-lhes. "Tão giro! Ficam com o rabinho iluminado!" disse Bali estupefacta. Entraram os três colados uns aos outros.



O Matt viu números escritos nas paredes e ia-os contando. "Doc! Doc!", gritavam. Viram algo a mexer-se ao fundo da toca. Uma sombra enorme começou a aproximar-se deles. "Acordámos o monstro!" exclamou a Haku. "Ahhhh!", gritaram à vez ao ver um fantasma cheio de teias de aranha. "Gosto muito de vocês!", disse-lhes enquanto os abraçava. Um fantasma que dava abraços? Não, aquele era o Doc, que tinha posto na cabeça a toalha que costumava levar ao rio. Tinham-no encontrado! "Estava com medo e com frio, e então vi umas luzes e segui-as. E agora como é que saímos?", perguntou-lhes preocupado. "Contando para trás!", respondeu o Matt. "Doze, onze, dez...". "Vejam, ali diz Exit", leu o Doc. «Significa saída, sigam-me", respondeu a Bali. Por fim conseguiram sair graças aos seus poderes. Que sorte ter amigos! E o monstro estar a dormir a sesta.


Subscreve a Newsletter para saberes quando estará disponível a próxima aventura dos Animastutos.



1 2 3

Voltar